Páginas

sábado, 15 de outubro de 2011

15 de outubro


Meu desabafo Minha homenagem ao dia de um profissional tão importante na nossa vida.
O professor.



Estamos presentes na sua vida desde cedo, lá por volta dos três quatro anos de idade - varia de caso para caso -. Te ensinamos que pra fazer um 'a' é preciso desenhar uma bolinha e depois puxar uma perninha. Te ensinamos o alfabeto, os números, as cores... Aprendemos as músiquinhas mais irritantes, só pra cantar junto com vocês na hora do recreio. Sem falar nos micos que pagamos diariamente fazendo umas dancinhas estranhas só pra vocês se divertirem quando nos pedem.

Raramente somos irmãos de sua mãe, mas adoramos quando nos chamam de tia.  Gostamos de ganhar beijos e abraços quase intermináveis antes ou depois da aula, dentro ou fora das dependências escolares. Sem falar que vocês conseguem nos derrubar com apenas um sorriso ou um coraçãozinho feito com as mãos.

Sempre estive convicta que era essa a profissão que queria seguir. Críticas sempre estiveram presentes na minha trajetória, a primeira da lista ouvi de mainha. Depois vieram muitas outras dos meus professores, desde os que estiveram presentes no ensino fundamental,  até do meu professor de matemática mais querido do ensino médio. E outras e outras que já perdi a conta quando ainda tinha quinze anos de idade.

Ser professor não é só chegar em sala de aula, passar o conteúdo do programa, fazer a chamada, aplicar prova e ir embora no fim do ano. Ser professor é ter o dom de enxergar muito além do universo da sala de aula. Todo professor carrega consigo uma junção de talentos. Dentre os mais citados, somos filósofos, cantores, atores, psicológos, comédiantes, pais e amigos.

Seu sonho é fazer direito, medicina, jornalismo, engenharia,  artes? Que bom, ficamos muito felizes por sua escolha. Só ficamos tristes quando somos desvalorizados por toda a sociedade. Afinal, qual profissional te ajudou a chegar na faculdade? E quando chegou lá, quem te passou todos os conhecimentos adquiridos hoje na sua carreira? Qual profissional te ajudou a decidir o que você é hoje? Pensa um pouco antes de menosprezar os educadores e o curso de Pedagogia que tem na sua faculdade, tá bom?! Pois você sempre precisou contar com a ajuda deles, desde o prézinho até seu tão sonhado doutorado.

Você ainda lembra do seu primeiro professor? Ainda tem contato com ele? Pois vou te deixar uma tarefa de casa! A tarefa é bem simples e acho pouco provável que alguém vá ficar de recuperação.

Tarefa de casa: Dizer ao seu primeiro professor (aquele do jardim de infância que pegava na sua mão pra te ajudar a cubrir seu nome) um muito obrigado.

Apenas isso. Agradeça a ele(a). Pois eu duvido que se não fosse por ele, você estaria lendo isso aqui.




“Esse texto faz parte da blogagem coletiva promovida no Depois dos Quinze.



Um comentário:

  1. Olá, querida! Adorei o seu cantinho... muito lindo. Parabéns! Já to seguindo!
    Aproveito p te convidar a conhecer o meu blog de variedades e participar do meu 1º sorteio. Passa lá pra dar uma força, ta bom? Agradeço muito! O espaço p divulgação dos blogs das amigas está aberto, caso queira, é so me avisar!
    Bjinhos!!

    http://voudeblog.blogspot.com/2011/10/1-sorteio-vou-de-blog.html

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar. E volte sempre que desejar! (;

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...